Enable JavaScript

Biblioteca Virtual em Medicina Veterinária e Zootecnia BVS-Vet

Biblioteca Virtual que reúne informações técnico-científicas em Medicina Veterinária e Zootecnia. Agenda de Eventos, Terminologias, Indicadores de Periódicos Científicos.

Guia de seleção de documentos para a base de dados VetIndex

INTRODUÇÃO

O VetIndex é uma base de dados que reúne a literatura técnico-científica em Medicina Veterinária e Zootecnia publicada em revistas e que prioriza o acesso aberto. Esta base é um produto da Biblioteca Virtual em Medicina Veterinária e Zootecnia (BVSVET), desenvolvida através da metodologia BVS e dos aplicativos criados e mantidos pela BIREME (Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde).

Visando atingir um padrão de qualidade nas informações registradas no VetIndex, todo periódico incluído na base passa por um processo de seleção, no qual são avaliados tanto a forma de apresentação e normalização como o conteúdo.

O fator primordial que determina a inclusão ou exclusão de um documento na base de dados é o seu conteúdo científico, independente da forma física em que o documento se manifesta (impresso ou eletrônico). São considerados para indexação na base de dados VetIndex os periódicos científicos nas áreas de Medicina Veterinária e/ou Zootecnia, publicados no Brasil, em português, espanhol ou inglês, que atendam aos critérios de seleção descritos neste documento.

Atendidos os critérios de seleção, os periódicos serão encaminhados para a aprovação do Comitê Consultivo da BVS-Vet.

CONTEÚDO

O conteúdo dos documentos ingressados no VetIndex devem ser de natureza técnico-científica, preferencialmente pesquisas básicas ou aplicadas, conduzidas com o rigor do método científico e documentos técnicos e normativos de agências governamentais ou organismos internacionais.

Este conteúdo deverá atender as necessidades do seu público alvo que são pesquisadores, estudantes de graduação e pós-graduação bem como profissionais da área que buscam informações consistentes, atuais e com credibilidade.

A publicação de um número significativo de artigos originais (mínimo de 50% do total de artigos) é muito importante para a seleção de um título.

Cobertura temática

O VetIndex abrange a área de Medicina Veterinária e Zootecnia de forma ampla, cobrindo todas as áreas que tenham relação com a saúde veterinária.

Em termos gerais, a cobertura temática do VetIndex está expressa em linguagem documentária no THESVET, vocabulário controlado que compreende uma tradução para o português do CAB Thesaurus, produzido pela CAB International.

Os limites para a cobertura temática do THESVET não são rígidos e, em alguns casos, devem ser estabelecidos com bom senso.

Cobertura Cronológica

Serão incluídos documentos originados a partir de 2004, dando-se preferência ao processamento de material mais recente para contribuir com a atualização do conteúdo da base de dados.

Cobertura Geográfica

O VetIndex inclui documentos de autores brasileiros, representativos da produção científica, cujo conteúdo seja de interesse e validade nacional e/ou internacional publicados no Brasil.

A informação contida nos documentos do VetIndex devem ser aplicáveis a outras áreas geográficas e a situações diferentes. Assim, não devem ser ingressados documentos de exclusivo interesse local ou informativos.

Cobertura Idiomática

Somente serão considerados para inclusão os documentos em espanhol, português e inglês.

Resumindo, a regra principal de seleção é:

Um documento será considerado para inclusão no VetIndex sempre que seu conteúdo se refira a Medicina Veterinária e/ou Zootecnia.

Satisfeita esta condição essencial e respeitados os limites da cobertura geográfica, cronológica e idiomática do VetIndex, também deverão ser considerados os próximos pontos descritos no documento.

VALIDADE E IMPORTÂNCIA DO CONTEÚDO

Os documentos ingressados no VetIndex deverão conter informações que sejam úteis para:

  • Tomada de decisões em Medicina Veterinária (estabelecer um diagnóstico, indicar um tratamento, aceitar ou rejeitar uma tecnologia, definir políticas, etc.);
  • Elaboração de projetos ou estabelecimento de programas (informação estatística, sócio-econômica, cultural, etc.);
  • Resolução de problemas específicos do país ou região;
  • Utilização como referência ou consulta;
  • Treinamento de pessoal (materiais educacionais para cursos, seminários, etc.);
  • Avaliação de atividades, procedimentos, métodos.

REVISÃO POR PARES

Os periódicos científicos deverão possuir características editoriais que reflitam a objetividade, a credibilidade e a qualidade de seu conteúdo. Para tanto, será considerado se os artigos de periódicos passaram por um controle de qualidade intelectual por especialistas e/ou revisão por pares (“peer review”) antes de serem publicados.

COMITÊ EDITORIAL

O periódico deverá possuir um Comitê Editorial. A composição do Comitê Editorial deverá ser pública e seus integrantes deverão ser especialistas da área.

REGULARIDADE DE PUBLICAÇÃO

Para ser selecionado para a base de dados VetIndex, o periódico deverá aparecer pontualmente de acordo com a periodicidade estabelecida e informada.

Periódicos com mais de um ano de atraso de publicação não serão selecionados e poderão ser excluídos da base de dados VetIndex.

TEMPO DE EXISTÊNCIA

A edição do periódico deverá obedecer às normas internacionais relacionadas com publicações seriadas e possuir o ISSN (International Standard Serial Number) que garante uma visibilidade qualificada da publicação.

O periódico deverá ter pelo menos 2 números publicados para ser considerado na avaliação. Assim sendo, não deverão ser enviados para o Comitê de Seleção periódicos recém-editados, antes de completarem o número de fascículos exigido.

ENVIO DE PERIÓDICOS PARA SELEÇÃO

Os periódicos para serem avaliados para inclusão no VetIndex poderão ser enviados pelos próprios editores, por Associações de Editores Científicos ou por usuários.

Caso algum centro cooperante ou o centro coordenador julgue o conteúdo de um periódico relevante para o desenvolvimento das áreas de Medicina Veterinária e Zootecnia, este poderá ser indicado para seleção, mesmo que o editor não tenha solicitado formalmente sua inclusão no VetIndex. Neste caso, o centro coordenador será responsável pelo contato com os editores da revista.

Os interessados poderão acessar o site da BVS-Vet e preencher o formulário para seleção de periódicos da BVS-Vet.

Para análise de um novo título, é necessário enviar ao centro coordenador da BVS-Vet, que gerencia o trabalho do Comitê de Seleção, os 2 últimos fascículos do periódico.

PARECER SOBRE O PROCESSO DE ADMISSÃO

A inclusão de um periódico no VetIndex só poderá ser feita após o parecer positivo do Comitê de Seleção.

O parecer do Comitê de Seleção será enviado ao editor do periódico e poderá conter recomendações para modificações nas publicações e prazo para implantação das mesmas. As alterações deverão realizadas dentro do prazo estipulado para que o periódico seja efetivamente indexado no VetIndex.

Em caso de parecer negativo, pode-se entrar com um novo pedido de avaliação após a devida adequação do periódico aos Critérios de Seleção VetIndex, comprovada mediante a apresentação dos 2 fascículos publicados após a primeira avaliação.

PARECER SOBRE O PROCESSO DE EXCLUSÃO DE TÍTULOS

Um periódico indexado na base de dados VetIndex poderá ser excluído se deixar de cumprir os requisitos especificados anteriormente. A exclusão ocorrerá após parecer do Comitê de Seleção.

RECURSOS

O editor do periódico poderá recorrer da decisão do Comitê de Seleção, tanto nos casos de recusa de admissão, como de exclusão. Os recursos serão examinados pelo Comitê e o parecer final será enviado ao editor.

READMISSÃO

A readmissão não será aceita imediatamente após a exclusão de um título da base de dados VetIndex. Os periódicos que forem excluídos poderão ser readmitidos desde que voltem a cumprir os Critérios de Seleção em pelo menos 2 números consecutivos. A readmissão será avaliada pelo Comitê de Seleção e o parecer será enviado ao editor da publicação.

COMPROMISSO DOS EDITORES

Os editores científicos dos periódicos selecionados para a base de dados VetIndex terão o compromisso de manter a atualização e o padrão dos periódicos indexados. Regularmente é feita uma avaliação dos periódicos indexados para garantir o controle de qualidade da base de dados.

Como contrapartida à indexação e disseminação nacional dos periódicos, os editores das publicações selecionadas para a base de dados VetIndex deverão enviar, por doação, à Biblioteca Virginie Buff D’Ápice e ao Centro Cooperante, um exemplar impresso (se houver) dos novos números, tão logo sejam publicados. Caso o periódico seja de acesso online e requeira autenticação, o editor deverá enviar uma senha de acesso ao centro cooperante responsável pela indexação do periódico.

O envio dos periódicos indexados no VetIndex ao Centro Cooperante e à Biblioteca Virginie Buff D’Ápice (Centro Coordenador) garantirão o atendimento imediato das solicitações dos usuários. A base de dados VetIndex procura garantir 100% de acesso aos documentos indexados na base. Para tanto, foi desenvolvido e vem sendo aperfeiçoado pela BIREME o SCAD – Serviço Cooperativo de Acesso ao Documento (http://www.bireme.br/bvs/P/pscad.htm), um sistema automatizado para solicitação de documentos, que permite comunicação mais ágil entre os Centros Cooperantes do Sistema e transmissão eletrônica dos documentos.

REFERÊNCIAS

BIREME. Guia de seleção de documentos para a base de dados LILACS. São Paulo, 2008. Disponível em metodologia.lilacs.bvsalud.org/download/P/LILACS-1-GuiaSelecao-pt.pdf. Acesso em 28/05/2012

.