VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

p. 53-63

Considerações a respeito do pós-parto em bovinos

Moraes, Carolina Nogueira deMaia, LeandroLandim-Alvarenga, Fernanda da CruzOba, Eunice

O puerpério é conhecido como o período que se inicia após o parto e persiste até o restabelecimento da condição de um animal não gestante. Compreendem na liberação dos restos placentários, involução uterina e mecanismos tais como contração uterina e digestão enzimática contribuem para a correta execução desses processos. Sua duração é variável e dependente de vários fatores tais como escore de condição corporal (ECC), produção leiteira, nutrição, condição uterina, entre outros. Tem-se também que para o estabelecimento de nova prenhez, é necessário que ocorra o retorno à ciclicidade por meio do crescimento, maturação e ovulação de um folículo e oócito sadios. Tal fato pode ser afetado pela presença do bezerro, amamentação e ECC em bovinos de corte e balanço energético, escore corporal, parição, estação do ano e doenças em bovinos de leite. Adicionalmente, é de extrema importância a característica do útero para o restabelecimento do estado reprodutivo fisiológico. Doenças uterinas podem afetar na liberação de substâncias que podem ser responsáveis pelo encurtamento ou prolongamento dos ciclos ovarianos, o que pode ocasionar perdas econômicas pelo fato de não atingir-se o desejável de produção de um bezerro/vaca/ano.(AU)

Texto completo