VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

p. 2373-2382

Teste de comprimento de plântula na avaliação da qualidade fisiológica de sementes de Amburana cearensis (Allemão) A.C. Smith

Sales Guedes, RobertaUrsulino Alves, Ednada Silva Santos-Moura, SueliAlves Galindo, Evio

Os testes de vigor são empregados no controle interno de qualidade pelas empresas produtoras de sementes. O teste de comprimento de plântulas tem potencial para fornecer informações complementares às obtidas no teste de germinação e que possibilitem estimar o potencial de emergência de plântulas em campo. Assim, o trabalho objetivou verificar a possibilidade de utilização do teste de comprimento de plântulas como um método de vigor para classificar lotes de sementes de Amburana cearensis (Allemão) A.C. Smith de acordo com a sua qualidade fisiológica. Para tanto a qualidade fisiológica de nove lotes de sementes de A. cearensis foi avaliada por testes de viabilidade e vigor, realizados em laboratório e campo. Empregou-se o delineamento inteiramente ao acaso e as médias foram comparadas pelo teste de Scott-Knott a 5% de probabilidade. As sementes procedentes de Serra Negra RN (lotes L1, L2 e L3) atingem maior porcentagem de emergência e comprimento de plântulas, possibilitando a classificação como lotes de alto vigor. A separação mais ampla dos lotes em níveis de vigor foi obtida com os testes de comprimento de plântulas, seguido do teste de primeira contagem de germinação e de emergência em campo.

Texto completo