VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

p. 2883-2894

Armazenamento de sementes e aclimatização de Brassavola tuberculata Hook

Canazza Macedo, MarichelBrito Chaim Jardim Rosa, DerekSchultz Soares, JackelineBento Tatara, MarianaTiyoko Kobayashi Hoffmann, NildaBrito Chaim Jardim Rosa, Yara

A semeadura in vitro e a aclimatização das plântulas produzidas são responsáveis pelo sucesso da produção de Orchidaceae. Este trabalho teve por objetivos 1) avaliar a viabilidade das sementes de B. tuberculata armazenadas em diferentes temperaturas e 2) avaliar o crescimento ex vitro de B. tuberculata em diferentes substratos. As sementes foram armazenadas, por 84 dias, sob três condições: temperatura ambiente (23 ± 2 ºC), refrigerador (4 ± 2 ºC) ou freezer (-14,5 ± 2 ºC). Foi utilizado o delineamento experimental inteiramente casualizado e os tratamentos foram arranjados em esquema fatorial 3 (condições de temperatura) x 6 (períodos de armazenamento) com três repetições. A viabilidade das sementes foi determinada através do teste de tetrazólio. Para a aclimatização, plantas com dois anos, oriundas de semeadura in vitro, foram aclimatizadas em bandejas plásticas contendo: 1- esfagno; 2- carvão ou 3- fibra de coco. Foi utilizado o delineamento experimental inteiramente casualizado com 3 tratamentos e 4 repetições de 10 plantas cada. As plantas permaneceram por 365 dias em viveiro, sob condições ambientais e recebendo luminosidade média diária de 130 ?mol m-2 s-2. Após esse período, as plantas foram avaliadas quanto à porcentagem de sobrevivência, de massa fresca e seca da parte aérea e das raízes, sendo também calculadas as relações entre a massa fresca das plantas, o comprimen

Texto completo