VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

p. 1985-1998

Estimativas dos requisitos nutricionais e utilização do modelo Small Ruminant Nutrition System para ovinos deslanados em condições semiáridas

Pinto de Oliveira, AlessandraSales Pereira, ElzâniaPereira Pinto, AndréaMarcos de Azevêdo Silva, AderbalSocorro de Souza Carneiro, MariaYurika Mizubuti, IvoneLuis de Azambuja Ribeiro, EdsonCláudia Nascimento Campos, AnaRenata Figueiredo Gadelha, Carla

O objetivo foi determinar as eficiências de utilização da energia metabolizável para mantença (km) e ganho de peso (kf), as exigências dietéticas de nutrientes digestíveis totais (NDT) e proteína metabolizável (PM), assim como, avaliar o modelo Small Ruminant Nutrition System (SRNS) para predizer o consumo de matéria seca (CMS) e o ganho médio diário (GMD) de cordeiros Santa Inês, alimentados com dietas contendo diferentes níveis de energia metabolizável (EM). Foram utilizados 35 cordeiros, não castrados, com peso corporal (PC) médio inicial de 14,77 ± 1,26 kg e idade aproximada de dois meses. Inicialmente cinco animais foram abatidos para servirem como referência para as estimativas do peso de corpo vazio (PCVZ) e composição corporal inicial dos 30 animais remanescentes, que foram distribuídos em delineamento em blocos casualizados com cinco tratamentos (1,13; 1,40; 1,73; 2,22 e 2,60 Mcal/kg MS) e seis repetições. O requerimento de EM para mantença foi de 78,53 kcal/kg PCVZ0,75/dia, com uma eficiência de utilização de 66%. O valor médio da eficiência de utilização da EM para ganho de peso foi de 48%. As exigências dietéticas de NDT e PM aumentaram com o acréscimo no PC e no GMD dos animais. O modelo SRNS subestimou o CMS e o GMD dos animais em 6,2% e 24,6%, respectivamente. Conclui-se que os valores de km e kf são consistentes com aqueles observados em diversos estudos com cor

Texto completo