VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

p. 1947-1954

Dermatofilose em bezerros da raça Nelore no Mato Grosso do Sul

Barbieri Bacha, FláviaCargnin Faccin, TatianeCarrelo Lima, StephanieRejane Brito Leal, CássiaAntônio Amaral Lemos, Ricardo

O objetivo deste trabalho foi descrever dois surtos de dermatofilose em bezerros da raça Nelore no Estado de Mato Grosso do Sul com características epidemiológicas peculiares à região Centro-Oeste. As taxas de morbidade e letalidade foram de 50% e 0,0025% no surto 1 e, 12,5% e 10% no surto 2, respectivamente. Apenas bezerros da raça Nelore com idade entre 5 e 60 dias foram afetados. A maioria dos casos ocorreu em pastagens de Brachiaria brizantha durante o período chuvoso do ano. Nos dois surtos, os sinais se iniciavam com espessamento da pele, seguido por lacrimejamento e formação de crostas ao redor dos olhos e focinho. Nos casos mais graves, as lesões disseminavam-se pela face e por todo o corpo, evoluindo para acentuado espessamento generalizado da pele, com formação de dobras. As lesões de pele caracterizaram-se, histopatologicamente, por dermatite supurativa e hiperqueratose. O diagnóstico foi confirmado pela visualização de estruturas basofílicas filamentosas morfologicamente compatíveis com Dermatophilus congolensis em esfregaços corados por Gram. Os tratamentos com estreptomicina, oxitetraciclina ou penicilina associada à estreptomicina utilizados nos bezerros demonstraram ser eficientes. A doença foi confundida pelos produtores com fotossensibilização hepatógena causada por ingestão de Brachiaria spp. Este artigo discute estes resultados com vistas a auxiliar o diagnó

Texto completo