VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

p. 245-248

Ausência de diarréia em eqüídeos medicados com oxitetraciclina

Carvalho da Costa, MárcioJürgen Isernhagen, AllanLucas Zito de Moraes, FábioCezar de Oliveira Dearo, AntonioReichmann, PeterJosé Savioli de Almeida Sampaio, AugustoAugusto Naylor Lisbôa, Júlio

Foram avaliados e acompanhados 24 eqüídeos medicados com cloridrato de oxitetraciclina, fármaco incriminado como potencial causador de colite severa com manifestação de diarréia nesta espécie. Os eqüídeos estudados eram portadores naturais de afecções que requeriam o emprego de antimicrobianos. Administraram-se doses de 7, 15 ou 20mg/kg, a cada 24 horas, por via intravenosa, durante 4 a até 19 dias seguidos. Não se observou qualquer efeito colateral aparente durante o período de tratamento e após o seu término. A oxitetraciclina mostrou-se, portanto, segura para os eqüídeos, nas doses e intervalo entre doses utilizados.

Texto completo