VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

Helminth fauna parasitizing Pimelodus pohli (Actinopterygii: Pimelodidae) from the upper São Francisco River, Brazil

Silveira São Sabas, ClaudiaCarvalho Brasil-Sato, Marilia

A fauna parasitária de mandis, Pimelodus pohli da bacia do rio São Francisco é apresentada. Um total de 45 mandis do alto rio São Francisco (45°1544W 18°1325S), foram examinados entre julho de 2009 e setembro de 2011. Quarenta e três mandis (95,5%) estavam infectados por pelo menos uma espécie de parasito tendo sido encontrados 885 parasitos de 17 espécies: Monogenea (Demidospermus uncusvalidus, Pavanelliella pavanellii, and Scleroductus sp.); Eucestoda (plerocercóides de Proteocephalidea); Digenea (metacercárias de Austrodiplostomum compactum, adultos de Auriculostoma platense e Kalipharynx sp. e juvenil de Prosthenhystera obesa); Nematoda (larvas de Contracaecum sp., Hysterothylacium sp., Procamallanus pimelodus, Procamallanus sp., larvas não identificadas de Cucullanidae e adultos de Cucullanus caballeroi, Philometra sp. e Procamallanus freitasi); e Acanthocephala (adultos de Neoechinorhynchus pimelodi). Procamallanus freitasi e Scleroductus sp. foram os táxons com prevalência mais elevada. Demidospermus uncusvalidus, P. freitasi e Scleroductus sp. foram as espécies dominantes. O sexo dos hospedeiros não influenciou os índices parasitários, mas houve alguma influência do comprimento total sobre eles. Os parasitos, com exceção de P. obesa, são registrados pela primeira vez em P. pohli, bem como a ocorrência de Kalipharynx sp. e C. caballeroi em hospedeiros pimelodídeos do rio São Francisco e da América do Sul.

Texto completo