VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

Molecular and serological detection of Ehrlichia canis in naturally exposed dogs in Iran: an analysis on associated risk factors

Maazi, NadiMalmasi, AbdolaliShayan, ParvizMahdi Nassiri, SeyedZahraei Salehi, TaghiSharifian Fard, Mojdeh

O objetivo geral deste estudo, que foi feito pela primeira vez no Irã, foi avaliar a soroprevalência e distribuição geográfica de Ehrlichia canis em população de cães no Irã, seguida da confirmação molecular por meio de PCR seguida de sequenciamento. Amostras de sangue de 240 cães de diferentes áreas das Províncias de Alborz e Teerã foram coletadas e, inicialmente, analisadas pelo Reação de Imunofluorescência (IFA) para detecção de anticorpos IgG anti-Ehrlichia canis Subsequentemente, uma reação do tipo nested PCR baseada em um fragmento do gene 16S rRNA de E. canis foi realizada nas amostras sorologicamente positivas. Os resultados mostraram que 40/240 cães (16,6%) apresentaram anticorpos IgG anti- Ehrlichia canis e nove (22,5%) das amostras de sangue dos 40 cães soropositivos continham DNA de E. canis, confirmado por sequenciamento. A soroprevalência de E. canis, embora não estatisticamente significativa, mostrou uma tendência em se apresentar maior em cães machos com 1-3 anos, de raça pura, que vivem em zonas planas e áreas rurais.

Texto completo