VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

Epidemiological aspects of visceral leishmaniasis in Jaciara, Mato Grosso, Brazil, 2003 to 2012

Nogueira de Brito, VeruskaMaria Oliveira, CenitaLazari, PatríciaRégia Franco Sousa, Valéria

A leishmaniose visceral (LV), causada nas Américas pelo protozoário Leishmania (L.) infantum chagasi, transmitida no Brasil por flebotomíneos das espécies Lutzomyia longipalpis e L. cruzi, tem os cães como principais reservatórios domésticos. O objetivo deste trabalho foi analisar os dados relacionados à transmissão da LV, em Jaciara (MT), e discutir a respeito da distribuição do vetor, reservatório doméstico e os casos humanos ocorridos no período de 2003 a 2012. Os dados para análise foram obtidos do Sistema de Informações de Agravos de Notificação (humanos), da Vigilância Ambiental da Secretaria Estadual de Saúde (caninos) e do Laboratório de Entomologia da Secretaria Estadual de Saúde (flebotomíneos). Jaciara apresentou 19 casos autóctones, 12 do sexo masculino e sete do sexo feminino, com um óbito. Dos 7.545 cães testados por imunoensaio enzimático e reação de imunofluorescência indireta, 2.273 foram reagentes. Os flebotomíneos coletados totalizaram 5.015 indivíduos pertencentes a 24 espécies com predomínio de L. whitmani seguido por L. cruzi. Os resultados demonstraram circulação frequente do parasito e a ampla distribuição do vetor L. cruzi com frequência em todos os meses, sugerindo que a transmissão possa ocorrer em qualquer época do ano.

Texto completo