VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

Uso da técnica TightRope modificada em cães com ruptura do ligamento cruzado cranial

Bregadioli, ThalesCláudio Dantas Mota, FranciscoEurides, DuvaldoMelgaço Faria, LauraCosta Dias, RaíraAugusto Souza, Luiz

A ruptura do ligamento cruzado cranial (RLCCr) figura entre as principais enfermidades ortopédicas na espécie canina, sendo responsável por instabilidade da articulação do joelho, o que resulta em claudicação e desenvolvimento de doença articular degenerativa (DAD). O objetivo deste trabalho foi avaliar os resultados da técnica de TightRope modificada (TRM) na estabilização do joelho de cães com ruptura do ligamento cruzado cranial (RLCCr). O procedimento cirúrgico foi realizado em seis animais, os quais foram avaliados por 120 dias de pós-operatório. A modificação da técnica para estabilização extra capsular da RLCCr, consiste na utilização de fio de fluorcarbono, e fio de aço inoxidável de 1 mm como forma de fixação óssea. A TRM promoveu a estabilidade do joelho dos pacientes com ruptura do ligamento cruzado cranial no pós-operatório imediato e durante o acompanhamento clínico pós-cirúrgico demonstrou, aos 30 dias, progressiva melhora da marcha e suporte de peso à deambulação, estando todos os animais recuperados clinicamente aos 120 dias de pós-operatório.

Texto completo