VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

p. 85-90

Resposta da mamona a aplicação de doses excessivas de calcário em argissolo vermelho distroférrico

Foloni, José Salvador SiminetiSantos, Diego HenriquesTiritan, Carlos Sérgio

mamoneira apresenta forte aptidão como cultura de verão ou safrinha no Brasil Central, porém os solos tropicais apresentam elevada acidez natural e baixa oferta de nutrientes, o que limita o potencial produtivo. A calagem é uma técnica consagrada para o manejo de solos tropicais, no entanto, o uso excessivo de calcário pode comprometer o desenvolvimento das culturas. Com o objetivo de avaliar o crescimento vegetativo e os teores de nutrientes na parte aérea das plantas de mamona, em função da aplicação de doses excessivas de calcário, instalou-se experimento em vasos em casa de vegetação. O substrato foi composto por solo classificado como Argissolo Vermelho distroférrico corrigido com diferentes doses de calcário (0, 1, 2, 4 e 8 t ha-1). Utilizou-se o cultivar Savana, deixando-se duas plantas por vaso. Foram avaliados, considerando-se a parte aérea, a massa de matéria seca e teores de cálcio, magnésio, potássio, enxofre e boro. Concluiu-se que o excesso de calcário é prejudicial ao crescimento de plantas de mamoneira e à absorção de K pelas mesmas.(AU)

Texto completo