VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

Technological properties of particleboards produced using mixture of pines and bamboo

Cunha, Alexsandro Bayestorff daGrubert, WillianBrand, Martha AndreiaRios, Polliana D´AngeloBelini, Ugo LeandroPereira, Giuliano FerreiraCarvalho, Carolina AlvesBarnasky, Ricardo Ritter de Souza

RESUMO: Este estudo tem por objetivo avaliar as propriedades tecnológicas de painéis de madeira produzidos com partículas de bambu da espécie Phyllostachysedulis, e do gênero tradicionalmente utilizado pelo setor para a produção dos painéis particulados no Brasil, o Pinus spp. As varas de bambu com três anos de idade foram coletadas em Frei Rogério, no estado de Santa Catarina, Brasil, sendo transformadas em partículas em um moinho. As partículas de Pinus spp. foram coletadas no processo produtivo da Empresa Bonet Madeiras e Papéis Ltda em Santa Cecília, Santa Catarina. A empresa utiliza toras provenientes do desbaste de reflorestamentos de Pinus taeda e Pinus elliottii com oito anos de idade, sem distinção de espécies. O experimento foi composto por cinco tratamentos com mistura das partículas de bambu e de madeira em diferentes proporções ((T1)100:0%; (T2)75:25%; (T3)50:50%; (T4)25:75%; (T5)0:100%). Os painéis foram produzidos com densidade nominal de 700 kg / m³ e ciclo de prensagem de 160 ºC e 40 kgf/cm2 por oito minutos. Os resultados para as propriedades físicas e mecânicas dos painéis foram avaliados por meio da Análise da Variância e do Teste de Tukey a 95% de probabilidade. Os resultados evidenciaram que o bambu apresenta potencial para a produção de painéis de partículas. O resultado mais promissor foi encontrado com a adição de 50% de bambu na composição do painel (T3), principalmente quanto a estabilidade dimensional e aos valores de resistência e rigidez. Os valores para ligação interna apresentaram-se significativamente menores com adição de mais de 25% de partículas de bambu.

Texto completo