VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

Thermal stimulation of Ross®-lineage embryos on a commercial scale

Flores, Fernandade Alencar Nääs, IrenilzaGarófallo Garcia, RodrigoInácio de Souza, Lenise

RESUMO: A incubação artificial é um processo fundamental para obtenção de aves saudáveis e com bom rendimento, contudo, necessita de constantes melhorias. Nesse processo, a temperatura de incubação é considerada um fator crítico e vem sendo estudada. O objetivo deste trabalho foi avaliar o desenvolvimento de embriões da linhagem Ross(r) frente a estimulações térmicas por calor e por frio. Para tanto, temperaturas de 1,39ºC acima da temperatura padrão e de 36,00ºC fixos, abaixo da temperatura padrão (variando de 1,00 a 0,30ºC), foram aplicadas no último período de desenvolvimento embrionário (14º ao 18º dia) por três horas de duração, em escala comercial. Com esse experimento, percebeu-se que as estimulações térmicas por calor e por frio não causaram mortalidade embrionária, mantiveram e até aumentaram os índices de eclosão, bem como a qualidade do pintinho. Dessa forma, acredita-se que as estimulações térmicas têm potencial de melhorar os índices do incubatório, e consequentemente o desempenho na granja, contudo necessita de ajustes, que dependem de cada incubatório para ser utilizada como protocolo.

Texto completo