VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

The incidence and productive significance of ovine toxoplasmosis in Southern Brazil

Caetano de Oliveira, FernandoAguiar de Oliveira, PlínioAzevedo da Cunha Filho, NiltonLidiane Guidotti Aguiar, CintiaGeraldo Pappen, FelipeLopes Ruas, JeronimoAmélia da Rosa Farias, Nara

RESUMO: Este trabalho tem como objetivo determinar a incidência da infecção pelo T. gondii em ovinos, durante o período gestacional e a extensão das perdas associadas. Amostras de sangue foram coletadas de 411 ovelhas Corriedale em dois rebanhos, em diferentes locais do Rio Grande do Sul, Brasil. Presença de T. gondii foi diagnosticada pela técnica de imunofluorescência indireta (RIFI). A soroprevalência no pré-acasalamento foi de 20,2%, sem diferença significativa entre os dois rebanhos estudados. A infecção por T. gondii foi influenciada pela idade (P 0,05). A soroprevalência no pré-acasalamento não influenciou a taxa de retorno ao estro e a taxa de prenhez. Taxa de desmame foi significativamente maior nas ovelhas positivas na pré-cobertura em comparação com as negativas (87,9 e 74,1%, respectivamente - P 0,05). A incidência de soroconversão foi de 16,5% (54/328). Em ovelhas que soroconverteram, uma alta taxa de retorno ao estro foi observada (P0,05). A incidência da toxoplasmose sugere perdas de produção equivalentes a 1,87% ao ano nestes sistemas. Além disso, a toxoplasmose diminuiu o número de cordeiros por ovelha. Portanto, para melhorar o desempenho produtivo nos rebanhos ovinos, a infecção por T. gondii deve ser monitorada e controlada na área estudada.

Texto completo