VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

Molecular detection of Erwinia psidii in guava plants under greenhouse and field conditions

Ferreira da Silva, ClaudêniaHidemi Uesugi, CarlosEduardo Bassay Blum, LuizSoares dos Anjos Marques, AbiÁlvares da Silva Velloso Ferreira, Marisa

RESUMO: Erwinia psidii é o agente causal da seca dos ponteiros da goiabeira ( Psidium guajava ), uma importante doença dessa cultura no Brasil. O patógeno afeta folhas, frutos, ramos e brotações, reduzindo significativamente a produtividade da cultura. A disseminação do patógeno ocorre por meio de material propagativo contaminado, porém assintomático. Os objetivos do trabalho foram avaliar o uso da BIO-PCR e da PCR convencional para detectar E. psidii em plantas inoculadas em casa de vegetação e em plantas sintomáticas e assintomáticas em pomares de goiabeira. A estirpe IBSBF 1576 de E. psidii foi inoculada (107UFC mL-1) em brotações novas de mudas de goiabeira e o tecido foi analisado nos tempos 0, 5, 10, e 15 dias após a inoculação. Sintomas foram observados após 5 dias e todas as plantas inoculadas foram positivas por PCR em todos os tempos avaliados, pelos dois métodos (BIO-PCR e PCR convencional). Sob condições de infecção natural em campo, três pomares foram avaliados por BIO-PCR. De cada pomar, foram coletadas 40 amostras, sendo 20 com e 20 sem sintomas. PCR foi positiva para 58 das 60 amostras sintomáticas (96,7%) e para 6,7% das amostras assintomáticas, demonstrando que o método pode ser usado para detectar o patógeno nos estágios iniciais da infecção. Este método poderá ser útil como uma ferramenta para a diagnose e para monitorar a sobrevivência e disseminação da bactéria e, consequentemente, novos focos da doença.

Texto completo