VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

Lissencephaly-pachygyria and cerebellar hypoplasia in a calf

Lemos dos Santos, BiancaCecília Florisbal Damé, MariaCarolina Barreto Coelho, AnaAguiar Oliveira, PlínioMarcolongo-Pereira, ClairtonLucia Schild, Ana

RESUMO: Descreve-se um caso de lisencefalia-paquigiria e hipoplasia cerebelar diagnosticado em um bovino, macho, cruza Charolês x Tabapuã que apresentava, desde o nascimento, sinais clínicos caracterizados por apatia, decúbito prolongado, tremores da cabeça e do pescoço, ataxia, hipermetria, dificuldade na marcha, cegueira e aumento de volume nas articulações dos quatro membros. Devido ao prognóstico desfavorável, o bovino foi eutanasiado e necropsiado aos 34 dias de idade. Na abertura da caixa craniana, observou-se formação rudimentar dos giros do telencéfalo e cerebelo hipoplásico. Ao corte o encéfalo, apresentava espessamento da substância cinzenta (paquigiria) do córtex frontal, parietal, temporal e occipital e estreitamento da substância branca. Nos órgãos das cavidades torácica e abdominal, não foram observadas lesões significativas. Histologicamente, no córtex cerebral havia desorganização neuronal da substância cinzenta que estava espessa. No cerebelo, havia diminuição da camada molecular e desorganização neuronal com ectopia dos neurônios de Purkinje na região das camadas granular e molecular. Não houve crescimento bacteriano das culturas de suabes das articulações. O fato de ser o único caso na propriedade sugere que a malformação, sem descrição anterior em bovinos, trata-se de caso esporádico, não sendo determinada sua causa. As alterações neurológicas aqui observadas devem ser levadas em consideração no diagnóstico diferencial de enfermidades congênitas do sistema nervoso central de bovinos.

Texto completo