VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

Estimated phyllochron in low tunnel cultivated strawberry cultivars

Luiza Teixeira Cocco, KassiaSchmidt, DeniseOtomar Caron, BraulioQueiroz de Souza, VelciCristina Fontana, DanieleMoiano de Paula, Gizelli

RESUMO: O objetivo deste trabalho foi determinar o filocrono, em cultivares de morangueiro, de duas procedências e em dois anos agrícolas, conduzidas em túnel baixo. Os experimentos foram conduzidos em área da Universidade Federal de Santa Maria, campus Frederico Westphalen (CESNORS/UFSM), constando da avaliação das cultivares 'Camarosa', 'Camino Real' e 'Albion'. Para o ano de 2012, avaliaram-se mudas procedentes do Chile e da região de Pelotas/RS e, para o ano de 2013, apenas mudas chilenas. Na determinação do filocrono, foi realizada contagem, duas vezes por semana, do número de folhas (NF) da coroa principal e, posteriormente, realizou-se regressão linear entre o NF e a soma térmica acumulada (STa). O delineamento experimental foi o de blocos casualizados, com três repetições, sendo cada unidade experimental composta por 12 plantas de avaliação, em esquema fatorial. Para os anos de 2012 e 2013, os resultados obtidos mostram que as cultivares 'Camarosa' e 'Camino Real' necessitam de maior acúmulo de graus dia para emissão de cada folha sucessiva do que a cv. 'Albion', que, por sua vez, apresenta maiores taxas de emissão de folhas, podendo ser considerada como mais precoce. Com relação à procedência, verifica-se que as mudas da cv. 'Albion' provenientes do Chile apresentam menores valores de filocrono total. Para a procedência Pelotas, não foi observada diferença entre as cultivares.

Texto completo