VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

Canine distemper virus detection by different methods of One-Step RT-qPCR

de Camargo Tozato, ClaudiaFerreira Zadra, VívianRodrigues Basso, CarolinePessoa Araújo Junior, João

RESUMO: Três kits comerciais de One-Step RT-qPCR foram avaliados para o diagnóstico molecular do Vírus da Cinomose Canina.Utilizando o kit que apresentou melhor desempenho, dois sistemas de RT-PCR em tempo real (RT-qPCR) foram comparados quanto à sensibilidade analítica na detecção do RNA do Vírus da Cinomose Canina:One-Step RT-qPCR (Sistema A) e One-Step RT-qPCR seguido da NESTED-qPCR (Sistema B).Os limites de detecção dos dois sistemas foram determinados utilizando diluição seriada de RNA sintético do Vírus da Cinomose Canina ou de uma amostra de urina positiva. Adicionalmente, uma amostra de urina foi avaliada com centrifugação ou ultracentrifugação prévia. Os kits comerciais de One-Step RT-qPCR amplificaram o RNA do vírus da cinomose canina em 10 (100%) amostras de urinas de animais sintomáticos. O kit de One-Step RT-qPCR que apresentou melhor resultado foi utilizado para avaliar a sensibilidade analítica dos sistemas A e B. Na reação da curva padrão com RNA sintético, o limite de detecção do sistema A foi de 11 cópias de RNA µL-1. No sistema B foi de 110 cópias de RNA µL-1 na One-Step RT-qPCR e 11 cópias de RNA µL-1 na NESTED-qPCR. A relação entre os valores de Ct e concentração de RNA foi linear. O RNA extraído das diluições da urina foi detectado nas diluições de 10-3 e10-2 pelos sistemas A e B, respectivamente. A centrifugação prévia da urina aumentou a sensibilidade analítica da análise e mostrou ser importante para a rotina diagnóstica. A reação de One-Step RT-PCR é um método rápido, sensível, específico e aplicável na rotina de diagnóstico molecular da cinomose e em projeto de pesquisa que requer metodologia quantitativa e sensível.

Texto completo