VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

Tamanho de amostra para avaliar a densidade populacional de percevejos em lavouras de soja

Carolina Cabral Antúnez, ClaudiaStorck, LindolfoVanderlei Carús Guedes, JersonCargnelutti Filho, AlbertoWalter Rasche Alvarez, Jimmy

RESUMO: O objetivo deste trabalho foi estimar o tamanho de amostra para medir a densidade populacional de espécies de percevejos, variando métodos de coleta, altitude e cultivares de soja. Foram utilizadas 100 lavouras de soja, distribuídas em nove municípios da região central do Rio Grande do Sul, em três safras agrícolas (2010/2011, 2011/2012, 2012/2013). Em cada lavoura, foram demarcados 30 pontos distantes em 20 metros entre si. Em cada ponto, foram coletados percevejos (adultos + ninfas) das espécies Dichelops sp., Piezodorus guildinii e Euchistus heros, por meio dos métodos pano-de-batida largo e rede entomológica, totalizando 6.000 coletas. Para cada lavoura, método de coleta e espéciede percevejo, foram estimadas a média da densidade populacional e o tamanho de amostra por meio de reamostragem. O tamanho de amostra (número de pontos) para determinar a densidade populacional de percevejos varia com o método de coleta e a densidade populacional. Usando o pano-de-batida largo para a coleta de percevejos em soja, para um erro de estimação (amplitude do intervalo de credibilidade) igual a dois percevejos e densidade populacional na classe de 1,5 a 2,0 percevejos m-2, o tamanho de amostra é 13, 77 e 15, respectivamente, para as espécies Dichelops sp., P. guildinii e E. heros.

Texto completo