VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

Compatibilidade fenotípica entre cultivares de pereiras europeias eporta-enxertos de marmeleiro

Dalazen Machado, BrunoMagro, MaiconRufato, LeoBogo, AmauriAnneliese Kreztschmar, AikeSimões, Fabiano

A cultura da pereira (Pyrus communisL.) possui grande potencial de expansão no sul do Brasil devido às condições climáticas e de solo. A carência de informações a respeito da(s) melhor(es) combinação(ões) de cultivares 'copa de pereiras europeias' e porta-enxertos de marmeleiro em relação à compatibilidade de enxertia é um dos fatores que tem limitado o cultivo de pera no país. A utilização de porta-enxertos de marmeleiros apresentam as vantagens de redução do vigor e rápida entrada em produção, porém, quando enxertados com algumas cultivares de 'pereira europeia', pode acarretar incompatibilidade de enxertia. O trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar fenotipicamente a compatibilidade morfológica entre cultivares 'copa de pereiras europeias' e porta-enxertos de marmeleiro através das variáveis de crescimento das plantas, como o incremento de diâmetro (mm) do tronco da cultivar e do porta-enxerto; diferença de diâmetro entre a cultivar e o porta-enxerto; incompatibilidade 'translocada'; incompatibilidade 'localizada'; e análise da conexão vascular no ponto de enxertia pela imersão em solução corante de Ácido Fuccínico 0,08%. Os experimentos foram conduzidos em pomares de pereiras europeias na região de Urupema, estado de Santa Catarina, durante os ciclos de cultivo 2011/12, 2012/13 e 2013/14. As combinações de cultivares de pereiras europeias e porta-enxertos avaliados foram a 'Abbè Fetel'/'Adams', 'Decana du Comice'/'Adams', 'Clapp's Favourite'/'EMA', 'Rocha'/'Adams', 'Packham´s Triumph'/'EMA' e 'Santa Maria'/'Adams'. A combinação 'Clapp´s Favourite'/'EMA' apresentou incompatibilidade do tipo 'localizada' pela descontinuidade vascular na região de união do enxerto, impedindo a passagem do corante. As combinações 'Rocha'/'Adams' e 'Abbè Fetel'/'Adams' não apresentaram incompatibilidade de enxertia. Nessas combinações, foram observadas união vascular contínua entre as cultivares e os porta-enxertos. As combinações 'Santa Maria'/'Adams', 'Decana du Comice'/'Adams' e 'Packham´s Triumph'/'EMA' apresentaram boa união na zona de enxertia pela continuidade da linha de união na casca e no lenho. A combinação 'Clapp´s Favourite'/'EMA', devido às regiões de incompatibilidade encontradas, não é uma combinação recomendada nas condições experimentais avaliadas. As combinações 'Abbè Fetel'/'Adams' e 'Rocha'/'Adams' são as mais indicadas para plantio, devido à total compatibilidade encontrada entre a cultivar e o porta-enxerto. As combinações 'Santa Maria'/'Adams', 'Decana du Comice'/'Adams' e 'Packham´s Triumph'/'EMA' podem ser recomendadas, devido à compatibilidade parcial de enxertia, sendo indicadas para alta e super densidades de plantio.

Texto completo