VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

Qualidade de melões Louis armazenados em quatro temperaturas

Maria Ascari Morgado, CristianeFabrino Machado Mattiuz, ClaudiaCarolina Muniz, AnaCharles, FlorenceMattiuz, Ben-Hur

Este trabalho teve como objetivo estabelecer a melhor temperatura para a conservação de melões Louis. Os frutos foram armazenados sob condição de ambiente (22±2°C e 80±5% UR), sob refrigeração (3±1°C e 80±5% UR; 6±1°C e 80±5% UR; e 9±1°C e 80±5% UR) e avaliados quanto à coloração e firmeza da polpa, teores de sólidos solúveis, acidez titulável, atividade das enzimas peroxidase, polifenoloxidase, poligalacturonase e pectinametilesterase e perda de massa fresca. Os melões Louis armazenados a 22°C apresentaram maior redução nos teores de sólidos solúveis e acidez titulável, além de apresentarem maior atividade da enzima poligalacturonase, com conservação por até 18 dias. Os frutos armazenados a 6°C mantiveram a qualidade comercial durante 25 dias de armazenamento, apresentando os maiores teores de sólidos solúveis e menor atividade das enzimas peroxidase e poligalacturonase.

Texto completo