VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

Inclusion of canthaxanthin and 25-hydroxycholecalciferol in the diet of broiler breeders on performance and incubation parameters

Duarte, ViniciusSilva Minafra, CibeleRamos dos Santos, Fabianados Santos Perim, Francisco

O objetivo deste experimento foi avaliar dietas contendo Cantaxantina e 25-hidroxicolecalciferol (25-OH-D3) sobre o desempenho produtivo e reprodutivo de matrizes de corte da linhagem Cobb 500, de 53 até 61 semanas de idade. Foram utilizadas 36.000 fêmeas e 3.600 machos com 51 semanas de idade, reprodutores de corte Cobb 500. As aves foram alojadas em três aviários divididos em 4 parcelas, totalizando 12 unidades experimentais, cada uma contendo 3.000 fêmeas e 300 machos. As aves foram submetidas aos seguintes tratamentos: dieta controle (sem os aditivos em estudo) ou dieta com adição de 60mg kg-1de ração de 25-(OH)-D3 e Cantaxantina (6mg de cantaxantina e 2.760.000UI de 25-(OH)-D3 por kg de ração), conforme recomendações do fornecedor. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados, com dois tratamentos e seis repetições. Os resultados foram submetidos à análise de variância e posteriormente aplicou-se o teste F. Não houve efeito dos tratamentos sobre as variáveis produção de ovos, aproveitamento de ovos e número de ovos incubáveis por ave alojada. A inclusão de Cantaxantina e de 25-(OH)-D3 na dieta reduziu a mortalidade embrionária e aumentou a pigmentação da gema dos ovos, o percentual de eclosão e o número de pintos viáveis produzidos por ave. Portanto, recomenda-se a utilização de 60mg kg-1de 25-(OH)-D3 mais Cantaxantina na dieta de matrizes de corte da linhagem Cobb 500, de 53 a 61 semanas de idade, para melhorar importantes características reprodutivas que têm grande impacto econômico para as empresas avícolas

Texto completo