VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

Characterization of progesterone loaded biodegradable blend polymeric nanoparticles

Vitória Leimann, FernandaHeloisa Biz, MaiaraCristine Kaufmann, KarineJosé Maia, WallaceHess Honçalves, OdineiCardozo Filho, LucioSayer, ClaudiaHenrique Hermes de Araújo, Pedro

RESUMO: A encapsulação de progesterona em nanopartículas de poli(hidroxibutirato-co-hidroxivalerato) (PHBV), poli (-caprolactona) (PCL), poli (L-ácido lático) (PLLA) e em nanopartículas blenda de PHBV/PCL e PHBV/PLLA foi investigada neste trabalho. As nanopartículas foram produzidas pela técnica de miniemulsificação/evaporação do solvente com lecitina como surfactante e foram caracterizadas em relação ao diâmetro médio em intensidade (Dz) e o índice de polidispersão (PDI), rendimento de recuperação e eficiência de encapsulação de progesterona. Possíveis interações entre progesterona e as matrizes poliméricas foram investigadas por Espectroscopia de Infravermelho por Transformada de Fourier (FTIR). Valores elevados de rendimento de recuperação (de até 102,43±1,80% para a blenda PHBV/PLLA) e eficiência de encapsulação (de até 99,53±0,04% para PCL) foram obtidos e as nanopartículas apresentaram distribuição de tamanho estreita (0,12±0,03 para PLLA). As nanopartículas de PCL (217,5±2,12nm) apresentaram diferença significativa com todas as outras formulações (P 0,05) quanto ao Dz. A interação mais evidente entre progesterona e a matriz polimérica das nanopartículas foi para a blenda PHBV / PCL, devido ao aumento na intensidade da banda localizada em 1631 cm-1.

Texto completo