VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

Beef heifers grazing behavior and herbage intake in natural grassland under rotational grazing

Wankura Barbieri, CezarLuiz Ferreira de Quadros, FernandoJochims, FelipeCastro Kuinchtner, BrunoHenrique Nicola de Carvalho, ThiagoTrindade Casanova, PedroMiranda Fernandes, AugustoBento Pereira, João

Foram testados os efeitos de dois intervalos de descanso entre pastoreios, 375 e 750 graus-dia, baseado na soma térmica para a expansão foliar de gramíneas nativas de dois grupos funcionais sobre o comportamento ingestivo de novilhas de corte. O delineamento foi em blocos ao acaso, com dois tratamentos, três repetições de área e medidas repetidas no tempo. Foram realizadas três avaliações (nov/11, jan e mar/12), com 24h cada, utilizando novilhas de corte com 12 meses. Estimou-se o consumo de forragem com marcador externo (Cr2O3). A massa de lâminas foliares foi semelhante entre os tratamentos, apresentando média de 1261kg MS ha-1. O tempo médio dispendido pelos animais em pastejo foi de 627,4 minutos e a taxa de bocados média foi de 37,1 bocados minuto-1. O número médio de refeições foi de 5,9 refeições dia-1, com uma média de 118,5 minutos por refeição. Os animais visitaram, em média, 6,1 estações alimentares por minuto e permaneceram nessas estações por 12 segundos. Houve diferença no tempo de pastejo e taxa de bocado nos períodos, com uma redução ao longo do tempo. Os intervalos de descanso testados provaram ter pouco efeito no comportamento ingestivo e no consumo de forragem das novilhas

Texto completo