VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

Técnica de lavagem do conduto auditivo para medir a infestação por Psoroptes cuniculi em caprinos

Gean Rodrigues de Amorim, MalbaCélia Athayde, AnaClara Gomes dos Santos, AnaRiet-Correa, Franklin

Esta pesquisa teve como objetivos avaliar a eficiência da técnica do jato de água, com 50 e 100ml de água, para determinar a prevalência da infecção por Psoroptes cuniculi e estimar o grau de infestação para estudos da dinâmica populacional. O estudo foi realizado no matadouro municipal da cidade de Patos, Paraíba, com 30 caprinos de ambos os sexos e idades variadas. O conduto auditivo esquerdo de cada caprino foi lavado com 100ml de água e o direito, com 50ml. Os ácaros coletados na lavagem e os ácaros obtidos após a abertura dos condutos auditivos foram contados e identificados de acordo com o estádio do ciclo biológico do parasito. Mediante a técnica da lavagem com 100mL, foi identificado o parasita em 22 (91%) dos 24 condutos infectados e, na lavagem com 50mL, foi identificado em 18 (78,3%) de 23 condutos infectados (P>0,05). Após a abertura e contagem do total de ácaros, verificou-se que, na lavagem, haviam sido recuperados de 19% a 35% dos ácaros de todos os estádios de desenvolvimento, exceto para o estádio de ovo, que foi de 11% a 15%, não havendo diferença estatística significativa (P>0,05) entre as taxas de recuperação com 50 e 100mL de água. Conclui-se que a técnica da lavagem do conduto auditivo é eficiente para estudos da prevalência da otocariase, porém, para estudos de dinâmica populacional, recomenda-se a abertura dos condutos auditivos e a contagem de todos os ácaros presentes.

Texto completo