VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

Sildenafil citrate on retrobulbar and retinal circulation of rabbits

Vitor Couto do Amaral, AndréiaAlegro da Silva, GermanaPaula Araújo Costa, AnaMaria Molinaro Coelho, CássiaRenzo, RobertaLuiz Laus, José

Os efeitos do sildenafil sobre a circulação retrobulbar e a retiniana foram estudados em 18 coelhos machos adultos, albinos, homozigotos, da raça Nova Zelândia Branco, distribuídos aleatoriamente em 3 grupos de 6 animais, para tratamento com o fármaco na dose de 3,5mg kg-1 a cada 24 horas, por 7, 15 e 30 dias. Nove animais foram utilizados para controle, tratados com solução fisiológica a 0.9%. Foram avaliadas a pressão intraocular (PIO), a pressão arterial média (PAM) e a pressão de perfusão ocular (PPO), ultrassonografia em modo-B e a angiografia fluoresceínica, antes e ao término dos tratamentos. Evidenciou-se discreta diminuição nos resultados da PIO, da PAM e da PPO após tratamento com sildenafil, entretanto não houve significância estatística. Observou-se aumento significativo do diâmetro da artéria oftálmica após 7 e 30 dias de tratamento e diminuição da pressão arterial média após 7, 15 e 30 dias de tratamento, sem diferença estatística. À angiografia fluoresceínica, observou-se que as fases arterial, artério-venosa e venosa iniciaram-se mais rapidamente nos animais após o tratamento, com diferença significativa na fase artério-venosa ao 7o e 15o dias. Foi possível admitir que o citrato de sildenafil melhora a circulação de sangue na retina de coelhos, através do aumento da velocidade do fluxo de sangue e diminuição da pressão de perfusão.

Texto completo