VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

Relações entre a câmara de Neubauer a espectrofotometria utilizadas para a determinação da concentração espermática de catetos (Pecari tajacu)

Maria da Silva, AndréiaChristianne Xavier Peixoto, GislayneArtur Brilhante Bezerra, Joséde Souza Castelo, ThiberioAparecida Araújo Santos, ErikaRodrigues Silva, Alexandre

Em ejaculados provenientes de 28 catetos, verificou-se a existência de relações entre a concentração espermática determinada por meio da câmara de Neubauer e a tramitância observada por espectrofotometria, utilizando comprimentos de onda variando de 530 a 590nm. Os ejaculados apresentaram uma concentração média de 283,9±30,8x106 espermatozoides mL-1, com variação de 30 a 640x106 espermatozoides mL-1. Os valores para tramitância variaram entre 36,9 a 96,3, nos diferentes comprimentos de onda. Não foram detectadas relações significativas entre os dois métodos (P>0,05). Dessa forma, não se recomenda a espectrofotometria para os procedimentos de rotina na determinação da concentração espermática em catetos.

Texto completo