VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

Prevalência de alterações ósseas no tarso de potros Crioulos de até vinte e seis meses de idade

Gallio, Miguelda Silva Azevedo, MarcosErica Brass, KarinDesessards De La Corte, FlávioFelipe Dias Lopes, Luís

Com o objetivo de definir a prevalência de alterações ósseas no tarso, foram examinados radiograficamente 77 potros da raça Crioula, com até 26 meses de idade e a relação das lesões com parâmetros biométricos e de manejo. Os animais foram divididos em dois grupos por idade: G1, incluindo potros de nove a 18 meses (34/77); e G2, com animais de 19 a 26 meses (43/77). Os animais também foram divididos pelo tempo de preparo para exposição morfológica em GC, grupo controle (29/77), os animais sem preparo para exposição; e GI, grupo incentivo (48/77), animais com preparo médio de 4,55 meses, e foram separados por sexo em machos (46/77) e fêmeas (31/77). Os dados foram coletados em 24 propriedades de criação ou centros de treinamento/preparo do estado do Rio Grande do Sul. Lesões radiograficamente visíveis foram observadas em 79,2% (61/77) dos animais, 80,4% dos machos, 77,4% das fêmeas, 77,3% dos animais do GC, 79,2% dos animais do GI, 86,7% dos animais do G1 e 76,7% dos animais do G2. O peso médio dos potros de 10 a 12 meses de idade foi 293,2kg, representando 71,3% do peso adulto; o peso médio dos animais com idade de 19 a 26 meses foi de 360,5kg (87,6% do peso adulto); do GC foi de 288,9kg (70,2% do peso adulto); e do GI 341,9kg (83,1% do peso adulto), apesar da idade média dos dois últimos grupos ter sido de apenas 16,8 e 19,0 meses, respectivamente. Observou-se relação positiva entre o aumento do escore corporal dos animais (P=0,01; r=0,3), do tempo de preparo dos animais para exposição morfológica (P=0,0001; r=0,7) e do escore de deposição de gordura na crista do pescoço (P=0,02; r=0,3) com as lesões radiográficas observadas no tarso dos potros. Vários fatores podem estar envolvidos na osteoartrite társica distal, entretanto, em cavalos Crioulos, o fator mais importante presente nas criações foi o sobrepeso.

Texto completo