VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

Increasing levels of phytase in diets formulated with reduced available phosphorus content supplied to male and female broilers

de Paula Naves, LucianaBorges Rodrigues, Paulodo Vale Teixeira, LevyGilberto Bertechini, AntônioRibeiro Alvarenga, RenataMaria Pereira Bernardino, VerônicaMoreira dos Santos, Luziane, Yuri, Yuri, Yuri, Yuri, Yuri

A redução do teor de fósforo disponível (Pdisp) na dieta de frangos deve ser acompanhada de adequada suplementação da fitase. Um experimento foi conduzido com frangos de corte, no período de 15 a 28 dias de idade, para determinar o nível de fitase necessário quando a ração farelada é formulada com 0,213% de Pdisp para permitir resultados de desempenho, teor de cinzas na tíbia e aproveitamento do cálcio (Ca) semelhantes ao determinado para aves alimentadas com uma dieta formulada para atender suas exigências nutricionais. Desse modo, 120 frangos foram distribuídos em esquema fatorial (4+1) x2, correspondendo a quatro rações deficientes em Pdisp (0,213%) suplementadas com fitase (0; 750; 1.500 ou 2.250FTU kg-1) mais uma ração controle positivo sem fitase (0,426% de Pdisp), fornecidas a frangos machos e fêmeas. Os machos apresentaram melhor desempenho e maior retenção de Ptotal. A redução do teor de Pdisp da dieta sem o uso de fitase piorou o desempenho, o teor de cinzas ósseas e a retenção do Ca, todavia, esses parâmetros foram gradativamente melhorados com o aumento do nível de fitase na ração. Independente do sexo, ao utilizar 2.250FTU kg-1, é possível reduzir o teor de Pdisp para 0,213% sem prejudicar o desempenho, teor de cinzas na tíbia e a retenção do Ca, além de reduzir a excreção do Ptotal em 56,75% e melhorar seu aproveitamento em 38,58%.

Texto completo