VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

Criptococose cutânea associada à severa infestação por Sarcoptes sp. e Demodex sp. em um cão

Brolo Martins, DanieliAnastásia Johann Deckmann, Mariada Rocha Sperotto, Vitor

Este trabalho descreve um caso de criptococose canina localizada na pele da região interdigital de um cão. Um cão de rua, sem raça definida, adulto jovem apresentava lesões pruriginosas, alopécicas e crostosas em toda extensão corpórea, e uma lesão ulcerada interdigital no membro pélvico esquerdo. A citologia aspirativa por agulha fina (CAAF) da lesão interdigital demonstrou um processo inflamatório acrescido de organismos leveduriformes compatíveis com Cryptococcus sp. Efetuou-se, a seguir, a cultura fúngica, que ratificou o resultado da CAAF. O paciente também apresentou diagnóstico positivo para Sarcoptes sp. e Demodex sp. Cryptococcus sp. é o agente etiológico da criptococose, uma doença infecciosa oportunista que acomete o homem, animais domésticos e silvestres. A provável imunidade baixa do cão, neste estudo, pode ter sido um fator desencadeante para o desenvolvimento da doença. A criptococose em caninos, apresentada na forma cutânea, é incomum, o que justifica a relevância deste relato.

Texto completo