VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

Consumo de forragem por novilhas de corte recebendo farelo de arroz com e sem ionóforo

Raquel Eloy, LidianeGomes da Rocha, MartaPötter, LucianaMoraes da Fonseca Neto, ÁlvaroLeonardi Biscaíno, LudmilaBernardino Alves, MarcosArnhold Graminho, LarissaCristina Bosco Stivanin, Sheila

O consumo de forragem foi avaliado em novilhas de corte exclusivamente em pastagem de azevém (Lolium multiflorum Lam.) ou recebendo farelo de arroz integral (FAI) com ou sem adição de ionóforo. Foi usado o óxido de cromo como indicador da produção fecal. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, com medidas repetidas no tempo, com três tratamentos e três repetições de área. Os animais foram considerados as unidades experimentais nas avaliações de consumo. O consumo de pasto pelas novilhas foi similar nos diferentes sistemas alimentares, ocasionando taxa de lotação semelhante. O fornecimento de farelo de arroz integral, com ou sem monensina, aumenta o consumo de matéria seca total. A adição de ionóforo ao FAI aumenta o desempenho individual das novilhas, sendo o seu uso recomendado quando existe o objetivo de reduzir a sua idade ao primeiro acasalamento.

Texto completo