VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

Intoxicação crônica por Amaranthus spinosus em bovino no semiárido paraibano

Barreto de Hospital Veterinário) Melo, DiegoVilar Dantas Hospital Veterinário) Simões, SaraFlávio Medeiros Hospital Veterinário) Dantas, AntônioJosé Nogueira Hospital Veterinário) Galiza, GlaucoAntônio Torres Hospital Veterinário) Matos, RodrigoMaria Trindade Hospital Veterinário) Medeiros, RosaneRiet Hospital Veterinário) Correa, Franklin

Descreve-se um caso de intoxicação por Amaranthus spinosus em bovino no estado da Paraíba, Brasil. Os principais sinais clínicos foram secreção nasal catarral, edema submandibular e de barbela e diarreia de odor fétido. Havia anemia, hipoproteinemia, hipoalbuminemia e concentrações séricas de ureia e creatinina aumentadas. Na necropsia, os rins estavam difusamente pálidos (superfícies natural e de corte) e levemente aumentados de volume. Histologicamente, observou-se nefrose tubular tóxica com acentuada regeneração epitelial tubular. O diagnóstico de intoxicação por A. spinosus deve ser incluído no diagnóstico diferencial da intoxicação por Combretum glaucocarpum (sin=Thiloa glaucocarpa) que, até o presente momento, era a única planta descrita como nefrotóxica na região Nordeste do Brasil.

Texto completo