VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

Genotyping and antimicrobial susceptibility of Clostridium perfringens isolated from Tinamidae, Cracidae and Ramphastidae species in Brazil

Otávio Silveira Escola de Veterinária) Silva, RodrigoCarlos Escola de Veterinária) Ferreira Junior, FranciscoVinícius Romero Escola de Veterinária) Marques, MarcusAugusto Escola de Veterinária) Oliveira Junior, CarlosRodrigo da Silva Escola de Veterinária) Martins, NelsonCarlos Faria Escola de Veterinária) Lobato, Francisco

O objetivo do presente estudo foi isolar, genotipar e avaliar a sensibilidade antimicrobiana de estirpes de Clostridium perfringens de espécies de Tinamidae, Cracidae e Ramphastidae no Brasil. C. perfringens foi isolado de 13 (5%) dos 260 suabes e de cinco (8,3%) das 60 amostras de fezes. Todos os isolados foram classificados como C. perfringens, tipo A, e nove (50%) foram positivos para o gene cpb2, responsável pela produção da toxina beta-2. Nenhuma estirpe foi positiva para o gene que codifica a produção da toxina NetB. Todos os isolados avaliados foram sensíveis à penincilina, metronidazol e vancomicina, enquanto que quatro (22,2%), cinco (27,8%) e 13 (72,2%) foram considerados resistentes à eritromicina, oxitetraciclina e lincomicina, respectivamente.

Texto completo