VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

Eficiência de malhas amostrais utilizadas na caracterização da variabilidade espacial de fósforo e potássio

Roberto Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ)) Cherubin, MaurícioLuis Centro de Educação Superior Norte do Rio Grande do Sul Departamento de Ciências Agronômicas e Ambientais) Santi, AntônioTonini Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ)) Eitelwein, MateusRicardo Centro de Educação Superior Norte do Rio Grande do Sul Departamento de Ciências Agronômicas e Ambientais) Menegol, DiegoOrlando Da Centro de Educação Superior Norte do Rio Grande do Sul Departamento de Ciências Agronômicas e Ambientais) Ros, ClóvisHenrique de Castro Centro de Educação Superior Norte do Rio Grande do Sul Departamento de Ciências Agronômicas e Ambientais) Pias, OsmarCentro de Educação Superior Norte do Rio Grande do Sul Departamento de Ciências Agronômicas e Ambientais) Berghetti, Juliano

O objetivo do trabalho foi estudar a eficiência das malhas amostrais, utilizadas nas áreas manejadas com agricultura de precisão, para a caracterização da variabilidade espacial dos teores de fósforo (P) e potássio (K). O estudo foi conduzido em 30 áreas agrícolas, localizadas no Rio Grande do Sul, cujos solos foram classificados como Latossolos Vermelhos. As dimensões das malhas amostrais estudadas foram: 100x100m (10 áreas), 142x142m (10 áreas) e 173x173m (10 áreas). Foram analisados os teores de P e K na profundidade de 0,00-0,10m. Os dados foram submetidos à análise estatística descritiva e a análise geoestatística. De modo geral, as áreas estudadas apresentaram teores médios de P e K adequados ao desenvolvimento das culturas. Entretanto, observaram-se locais com baixos teores de P, justificando fertilizações em sítio-específico. Com base em parâmetros geoestatísticos, as dimensões de malhas amostrais utilizadas são eficientes em captar as diferentes escalas da variabilidade espacial de P e K, porém, recomenda-se o uso de malhas amostrais menores, que considerem a variabilidade espacial a curtas distâncias.

Texto completo