VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

Adjuvantes na deriva de 2,4-D + glyphosate em condições de campo

Guerreiro Fontoura Costa, AugustoDomingues Faculdade de Ciências Agronômica (FCA) Núcleo de Pesquisas Avançadas em Matologia (Nupam)) Velini, EdivaldoVitagliano Santi Rossi, CaioRocha Corrêa, MarceloNegrisoli, EduardoVinicius Fiorini, MarcusMarcelo Faculdade de Ciências Agronômica (FCA) Núcleo de Pesquisas Avançadas em Matologia (Nupam)) Siono, Luis

O objetivo do trabalho foi avaliar o efeito de adjuvantes sobre a deriva em aplicações da mistura de 2,4-D + glyphosate. O experimento foi conduzido em condições de campo em delineamento inteiramente casualizado. Os tratamentos corresponderam às soluções com a mistura dos herbicidas 2,4-D + glyphosate (670 e 1068g ha-1, respectivamente) adicionando-se os adjuvantes (v v-1): óleo mineral (0,5%); agente antideriva (0,09%); espalhante adesivo A (0,1%); fertilizante líquido (0,05%); espalhante adesivo B (0,25%); e somente os herbicidas (testemunha). Foram utilizados para determinação de deriva fios de náilon externos à área de aplicação (1, 5, 10, 20, 50, 100 e 200m de distância) com quatro repetições e seis cilindros de espuma posicionados sobre a barra do pulverizador para coleta de gotas sujeitas à deriva. As aplicações foram realizadas simultaneamente, utilizando-se um sal traçador específico em cada solução de aplicação para quantificar os depósitos por meio de espectrofotômetro. Não foi possível verificar efeito dos adjuvantes sobre a deriva nas diferentes distâncias da área de aplicação. Com base nas gotas coletadas acima da barra de pulverização, constatou-se que a suscetibilidade à deriva foi menor com o óleo mineral e o agente antideriva. O risco de deriva foi maior com o fertilizante líquido e o espalhante adesivo B.

Texto completo