VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

EFEITO DA SEXAGEM E LINHAGENS SOBRE O DESEMPENHO E RENDIMENTO DE CARCAÇA DE FRANGOS DE CORTE

Api, IvandroTakahashi, Sabrina EndoMendes, Angélica SignorPaixão, Sandro JoséRefati, RosanaRestelatto, Rasiel

Resumo Realizou-se este trabalho com o objetivo de avaliar o desempenho produtivo e o rendimento de carcaça de diferentes linhagens e sexagens de frangos de corte. Foram avaliadas 576 aves das linhagens Cobb, Ross e Hubbard, dispostas nas sexagem macho, fêmea ou misto, abatidas aos 45 dias de idade. Utilizou-se o delineamento inteiramente casualizado (DIC), num bifatorial 3 x 3 (linhagens x sexagem), com quatro repetições e 16 aves em cada tratamento. O peso vivo, ganho de peso, consumo de ração e conversão alimentar apresentaram diferenças significativas no decorrer das fases avaliadas, porém, mostraram-se semelhantes ao final do período avaliado. O desempenho dos machos apresentou superioridade em comparação com as fêmeas e os mistos. No rendimento de carcaça, não foi possível observar diferenças significativas entre as linhagens e sexagens das aves; no entanto, em alguns cortes nobres a linhagens Cobb apresentou melhores resultados.

Texto completo