VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

p. 381-390

ADMINISTRAÇÃO DE PROPILENOGLICOL, COBALTO E VITAMINA B12 ÀS OVELHAS E SEUS REFLEXOS SOBRE O PERFIL ELETROFORÉTICO DAS PROTEÍNAS SÉRICAS NAS SUAS CRIAS

Grace S. S. Campos, AnneA. Bastos Afonso, JoséLopes de Mendonça, CarlaAdriano dos Santos, Rogério

Este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de avaliar a influência da administração de propilenoglicol, cobalto e vitamina B12, sobre o perfil eletroforético das proteínas séricas nas ovelhas e respectivas crias. O estudo foi realizado utilizando-se 18 ovelhas prenhes que foram divididas em grupos de forma aleatória aos 30 dias antes da data prevista para o parto, para serem fornecidos os suplementos até o momento antecedente ao parto. Os grupos foram os seguintes: Grupo 1 (G1/n=6) Grupo Controle; Grupo 2 (G2/n=6) Grupo Cobalto e Vitamina B12 (em que foi fornecido 1mg de cobalto via oral diariamente e 2 mg de vitamina B12 via intramuscular semanalmente); e Grupo 3 (G3/n=6) Grupo Propilenoglicol (administração de 30 mL de propilenoglicol via oral diariamente). Com isso, pôde-se observar que as frações proteicas em sua maioria sofrem variações com o desenvolvimento etário, em especial as proteínas totais séricas, albumina, beta-globulina e gama-globulina e o fator determinante para essas variações foi a ingestão do colostro. Além disso, não houve influência da ingestão dos componentes pelas ovelhas sobre o perfil destas variáveis nos borregos.PALAVRAS-CHAVE: colostro; eletroforese; ovinos; perfil metabólico. 

Texto completo