VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

Hyphal-like extension and pseudohyphal formation in industrial strains of yeasts induced by isoamyl alcohol

Regina Ceccato-Antonini, SandraCristina da Silva, Paula

As leveduras podem produzir pseudohifas e extensões semelhantes a hifas sob certas condições de crescimento, como a adição de álcool isoamílico. Esse álcool é o constituinte principal do óleo fusel, um subproduto da fermentação etanólica. A mudança de morfologia da levedura para a forma filamentosa pode causar problemas ao processo fermentativo. Neste trabalho, foi estudada a influência dos álcoois fusel (isoamílico e isopropílico), fontes de nitrogênio (sulfato de amônio e leucina) e glifosate (um maturador químico para cana-de-açúcar) adicionados a um meio complexo sobre linhagens industriais de leveduras isoladas do processo fermentativo. Duas linhagens industriais mostraram transição para pseudohifas (grupos de células) ou extensões semelhantes a hifas após adição de álcool isoamílico, de 0,3% a 0,9% v/v. Todas as alterações foram reversíveis quando as leveduras foram reinoculadas em YEPD sem adição de álcool. Apesar das pseudohifas serem comumente resultantes de meios com limitação de nitrogênio, observou-se que esta morfologia resultou da adição de álcool isoamílico. Não foi detectada nenhuma influência da fonte de nitrogênio ou álcool isopropílico ou glifosate para quaisquer linhagens estudadas.

Texto completo