VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

p. 30-36

Avaliação preliminar de metais pseudo-totais e biodisponíveis em profundidade no sedimento do arroio Luíz Rau em Novo Hamburgo (RS)

Ávila, C LBianchin, LIlli, J C

O arroio Luíz Rau é um dos principais arroios de Novo Hamburgo, e um importante afluente do Rio dos Sinos. Nele são lançados efluentes industriais dos mais diversos setores, desde indústrias de tintas e adesivos, metalurgia e da indústria do couro, além de receber uma grande quantidade de esgoto doméstico. As emissões destes poluentes contribuem para uma diminuição na qualidade da água e dos sedimentos. Dentro deste contexto, este trabalho avaliou as condições do sedimento do arroio Luíz Rau, com a determinação dos metais cádmio, chumbo, cromo e níquel em profundidade, nas formas pseudo-total e biodisponível. Para a realização desta avaliação, foram escolhidos três pontos para coleta de amostras ao longo do percurso do arroio. Os pontos foram identificados por Ponto A, no bairro Roselândia, sendo que este corresponde a uma das nascentes e por isso considerado como ponto branco, o Ponto B, no bairro Santo Afonso, sendo um ponto intermediário do arroio, e o Ponto C, também localizado no bairro Santo Afonso, próximo à foz, junto ao Rio dos Sinos. O cádmio não foi detectado em nenhum dos pontos amostrados. Nos pontos A e C, o cromo foi o metal observado em maior concentração no sedimento, com concentração de até 45,14 mg kg–1. Já no ponto B, o metal que foi observado em maior quantidade foi o níquel na concentração de 20,69 mg kg–1.(AU)

Texto completo