VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

Comparative biology of two populations of Lutzomyia umbratilis (Diptera: Psychodidae) of Central Amazonia, Brazil, under laboratory conditions

C. B. Justiniano, S.C. Chagas, A.A. C. Pessoa, F.G. Queiroz, R.

Lutzomyia umbratilis é o principal vetor de leishmaniose tegumentar causada por Leishmania guyanensis no norte da América do Sul. Essa espécie tem sido encontrada naturalmente infectada com Leishmania somente ao leste do Rio Negro e norte do Rio Amazonas. Porém, populações dessa espécie de flebotomíneo também estão presentes em áreas do sul do sistema fluvial do Rio Amazonas, o qual pode atuar como uma barreira geográfica no ciclo da Leishmania guyanensis. Com o objetivo de procurar possíveis diferenças biológicas entre populações de L. umbratilis de margens opostas desse sistema fluvial, a biologia de duas populações diferentes foi estudada em laboratório. Progenitores coletados em Manaus e Manacapuru (leste e oeste, respectivamente, do Rio Negro) foram criados separadamente. Resultados de observações do ciclo de vida, fecundidade, fertilidade e longevidade de adultos a 27ºC e 92% UR (umidade relativa) foram analisados por estatística descritiva, e testes z, t, U e chi2. Embora as colônias de Manaus e Manacapuru tenham apresentado desenvolvimento mais demorado que a maioria das espécies de Lutzomyia, a duração das fases de ovo e de larva de 4º estágio nas duas populações foi significativamente (p 0,01) diferente. Fêmeas de Manaus retiveram significativamente (p 0.001) menos óvulos maduros, e a produtividade geral (% de adultos a partir de um número conhecido de ovos) da colônia foi significativamente (p 0,01) mais alta do que a de Manacapuru. Estes resultados apontam a população de L. umbratilis de Manaus como a melhor candidata a futuras tentativas de criação em massa em laboratório. As diferenças observadas nas duas populações quanto ao ciclo de vida, fecundidade, fertilidade, longevidade e emergência de adultos podem ser resultantes do isolamento geográfico ocasionado pelos grandes rios.

Texto completo