VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

Reproductive ecology of a neotropical cichlid fish, Cichla monoculus (Osteichthyes: Cichlidae)

Chellappa, S.R. Câmara, M.T. Chellappa, N.C. M. Beveridge, M.A. Huntingford, F.

A ecologia reprodutiva do peixe dulcícola tucunaré comum, Cichla monoculus Spix, 1831 (Osteichthyes: Cichlidae), foi investigada na barragem Campo Grande, Nordeste brasileiro. Foram coletados mensalmente os dados da pluviosidade, temperatura, pH, oxigênio dissolvido e condutividade elétrica da água. Os peixes coletados foram medidos, pesados e dissecados, os sexos foram identificados e os estádios de maturação gonadal foram avaliados macro e microscopicamente. A região semi-árida estudada apresentou curto período de chuvas, com cerca de 2-3 meses de duração, intercalados por períodos de estiagem. Foi observada correlação positiva entre pluviosidade, temperaturas do ar e da água e condutividade elétrica da água. A população estudada apresentou amplo período de desova, com picos reprodutivos coincidindo com as temperaturas mais baixas. Os machos alcançaram maior comprimento e peso que as fêmeas. Os diâmetros dos ovócitos indicaram que o C. monoculus apresenta desova múltipla, com fecundidade por cada lote estimada em 3100 ovócitos. O fator de condição apresentou relação inversa com o tamanho das gônadas, durante a maturação, em ambos os sexos. Os machos maduros apresentaram protuberância cefálica pós-occipital, de caráter sexual secundário extragenital, com reserva lipídica, que desapareceu nos machos esvaziados. O sucesso reprodutivo desse peixe é atribuído a sua capacidade reprodutiva e plasticidade fenotípica, que permitem sua adaptação às condições adversas da região semi-árida do Nordeste brasileiro.

Texto completo