VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

Mortality and recruitment of trees in a secondary montane rain forest in Southeastern Brazil

P. C. Gomes, E.Mantovani, W.Y. Kageyama, P.

Taxas de mortalidade (M) e recrutamento (R) foram obtidas para espécies arbóreas em um fragmento de 1 ha de floresta secundária montana no Sudeste do Brasil. Amostraram-se as árvores com dap > 8 cm em 1989-1990 e em 1995. Houve aumento de 90 para 96 espécies e de 669 arvs/ha para 749 arvs/ha durante os 5,6 anos. O valor de M obtido foi de 1,67%/ano e o de R, 3,46%. O primeiro situou-se em torno dos valores médios registrados em outras florestas tropicais, o último, porém, apresentou-se como o mais elevado. Ambas as taxas foram significativamente maiores nas menores classes de dap. As espécies raras apresentaram maiores taxas de recrutamento e as espécies com baixo crescimento relativo tiveram mortalidade significativamente maior. As diferenças entre a dinâmica de espécies foram altas. Altos valores de l foram registrados nas espécies secundárias iniciais e de sub-bosque, mas espécies de sub-bosque também apresentaram acentuado declínio populacional. O sistema de classificação de grupos ecológicos em função da luminosidade, que separa as espécies de sub-bosque em "parcialmente tolerantes à sombra" e "tolerantes à sombra", foi o que melhor se ajustou aos resultados encontrados. Os dados sugerem que o trecho de floresta estudado encontra-se em processo de recuperação de algum evento de distúrbio.

Texto completo