VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

p. 669-676

Substituição parcial do milho pelo resíduo de macarrão em dietas para tilápia-do-nilo

Rossana Móta Silva, TatieneLaura Soares de Andrade, MariaChung, SamanthaJosé de Almeida Bicudo, Álvaro

Foi realizado um experimento de 50 dias para avaliar a substituição parcial do milho pelo resíduo de macarrão em dietas de tilápia-do-nilo. Foram formuladas quatro dietas isonitrogenadas (30% proteína bruta) e isoenergéticas (3.100 kcal kg-1 energia digestível) com níveis de substituição do milho pelo resíduo de macarrão (0, 10, 20 e 30%). Juvenis de tilápia-do-nilo (11,2 ± 0,06 g) foram distribuídos em 12 gaiolas experimentais (55 L) dispostas em seis tanques circulares de 310 L (2 gaiolas por tanque) em um sistema de recirculação de água, com aeração contínua e sistema de oxigenação emergencial. Os peixes foram alimentados até a aparente saciedade às 8:30 h e 16:30 h por 50 dias, em um delineamento inteiramente casualizado (n = 3). Foram avaliados: o desempenho produtivo, valor produtivo da proteína e energia e composição corporal dos peixes. Não foi observada diferença significativa no desempenho produtivo, retenção de proteína e composição corporal entre os peixes alimentados com a dieta controle (0%) e com resíduo de macarrão (10, 20 e 30%). A substituição de 30% do milho dietético pelo resíduo de macarrão não prejudica o desempenho produtivo, valor produtivo da proteína e energia e a composição corporal de juvenis de tilápia-do-nilo.

Texto completo