VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

p. 657-667

Parâmetros de crescimento e mortalidade de Eucinostomus argenteus (Baird & Girard, 1854) capturados no manguezal de Guaratiba, Baía de Sepetiba, RJ

Paulo do Carmo Silva, Joséda Silva Santos, RosaRodrigues da Costa, MarcusGerson Araujo, Francisco

A análise e compreensão dos parâmetros de crescimento de peixes são fatores preponderantes para o entendimento da dinâmica de suas populações. Neste contexto, foram calculados alguns parâmetros de crescimento para Eucinostomus argenteus (carapicú), uma das espécies mais abundantes da Baia de Sepetib (RJ). Tais parâmetros foram estimados por meio dos métodos ELEFAN I e Bhattacharya, inseridos no pacote computacional FISAT. Os parâmetros estimados foram: L (comprimento máximo assintótico) = 28,31 cm; k (coeficiente de taxa de crescimento) = 0,61 ano-1; M (coeficiente de mortalidade natural) = 1,53 ano-1. A longevidade, definida como o tempo que o indivíduo leva para alcançar 95% do comprimento assintótico, foi estimada em 4,34 anos. O método de Bhattacharya indicou a presença de três coortes em mais da metade dos meses amostrados, corroborando com o método ELEFAN I, que se baseia no deslocamento modal de sequências temporais de amostras de comprimento. Este último método evidenciou a presença de cinco coortes, em função dos melhores ajustes de Rn (goodness of fit index), sendo que duas destas coortes correspondem nitidamente aos dados observados na área de estudo. Portanto, os parâmetros de crescimento e mortalidade estimados para população de E. argenteus na baia de Sepetiba contribuem para compreensão da biologia da espécie e representam avanços em direção a um manejo adequa

Texto completo