VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

Beauveria bassiana em associação com milho geneticamente modificado no manejo de Spodoptera frugiperda e Rhopalosiphum maidis

Moraes, Renato Franco Oliveira deToscano, Luciana CláudiaPereira, Marcelo Francisco ArantesPietrobom, Valter LuisBarboza, Cecília Aparecida Moreira dos SantosMaruyama, Wilson Itamar

RESUMO: O objetivo deste trabalho foi avaliar a eficiência do fungo Beauveria bassiana (isolado CG 716) no manejo de Spodoptera frugiperda e Rhopalosiphum maidis em milho. Diante disso, montou-se um experimento em blocos ao acaso, utilizando parcelas subdivididas, contendo dez tratamentos e quatro repetições. Os tratamentos foram: B. bassiana , formulado em óleo vegetal, nas doses de 2,0, 4,0 e 6,0 x 1012 conídios ha-1, lambda-cialotrina (7,5 i.a. ha-1) e testemunha (sem aplicação). As aplicações foram realizadas a partir dos 10 dias após a emergência (DAE) das plantas, sendo repetidas aos 16, 23 e 31 DAE. As avaliações foram realizadas semanalmente coletando-se dez plantas consecutivas por parcela e armazenadas em sacos plásticos, para posterior destruição do cartucho e contagem de lagartas, pulgões e inimigos naturais em laboratório. Não ocorreram diferenças significativas em populações de S. frugiperda e R .maidis em lavouras de milho submetidas ou não a aplicações de defensivos; entretanto, na variedade convencional, aos 40 DAE, foi constatado que um maior número médio pulgõessob aplicação do bioinseticida na dosagem de 2,0 x 1012 conídios ha-1. B. bassiana ,em associação com a tecnologia Bt , não produziu resultados satisfatórios no controle de S. frugiperda e R. maidis nas condições em que foi testado.

Texto completo