VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

p. 495-500

Marcadores moleculares aplicados a estudos de Platyhelminthes parasitos de peixes: revisão

Graça, Rodrigo Junio daFabrin, Thomaz Mansini CarrenhoGasques, Luciano SeraphimPrioli, Sônia Maria Alves PintoPrioli, Alberto JoséTakemoto, Ricardo Massato

Estudos com marcadores moleculares são cada vez mais comuns em todos os grupos de seres vivos. Para os platelmintes parasitos de peixes, as técnicas moleculares possibilitam desvendar ciclos de vida complexos, sendo importantes também na distinção de espécies e na elucidação de hipóteses filogenéticas. Neste sentido, este trabalho teve como objetivo verificar quais são os principais marcadores moleculares utilizados nos estudos de platelmintos parasitos de peixes, visando fornecer subsídios para futuros estudos filogenéticos na Ictioparasitologia. Para a análise bibliométrica foi utilizado o banco de dados dos Periódicos da CAPES, tendo como palavras-chave fish e phylogeny associadas a Cestoda, Digenea e Monogenea. As informações obtidas nos trabalhos foram tabuladas e quantificadas. Dos 143 trabalhos obtidos 43% foram com monogenéticos, 37% com digenéticos e 18% com cestoides. Os marcadores moleculares ribossomais foram os mais utilizados nos estudos filogenéticos com estes parasitos de peixes. Com o avanço das técnicas de biologia molecular e da bioinformática, com análises filogenéticas mais robustas, é crescente a utilização destas técnicas na Ictioparasitologia. A filogenética molecular, juntamente com a análise de estruturas morfológicas tem contribuído de maneira mais eficiente para o entendimento das relações de parentesco, entre estes grupos de parasitos de p(AU)

Texto completo