VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

p. 639-646

Estudo anatômico da origem e distribuição dos ramos corticais das artérias cerebrais caudais do encéfalo do macaco prego (Cebus apella L., 1766)

Gomes Barbo de Siqueira Neto, EuclidesRocha Ferreira, Jussara

Estudaram-se a origem e a distribuição dos ramos corticais das artérias cerebrais caudais (acc) em 25 encéfalos de macaco prego (Cebus apella), vindos a óbito por morte natural, injetados com látex corado, fixados em formol (10%), dissecados sob mesoscopia de luz. As acc direita e esquerda são ramos terminais da artéria basilar (100%). Foram subdivididas em segmentos: pré-comunicante, pós-comunicante, temporal e cortical. Estudamos os ramos temporais corticais da acc em regiões assim delimitadas: temporal anterior, 1 ramo (29,16%), 2 ramos (31,25%), 3 ramos (8,33%), 4 ramos (4,16%) e 5 ramos (2,08%); temporal média, 1 ramo (37,5%), 2 ramos (10,41%); temporal posterior, 1 ramo (45,83%), 2 ramos (27,08%); região occipital, 1 ramo (47,91%) e 2 ramos (10,41%); região parietal, 1 ramo (2,08%). Os ramos destinados às regiões temporal média e posterior apresentaram-se longos e calibrosos. Os segmentos temporais e corticais da acc revelaram estabilidade morfológica. Não foram encontradas anomalias.

Texto completo