VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

p. 157-162

Atividade da carboidrase intestinal e expressão do transportador sódio-glicose em poedeiras alimentadas com dietas contendo farelo de trigo e arroz suplementado com fitase

Saki, Ali AsgharAtrian, AlirezaGoudarzi, Sara MirzaieKhodakaramian, GholamYousefi, Azam

Este estudo analisou o efeito de dietas para poedeiras contendo farelo de trigo e arroz suplementado ou não com fitase sobre o desempenho, atividade da carboidrase intestinal e expressão de mRNA do transportador sódio-glicose-1 (SGLT-1). Noventa e seis aves da linhagem Hyline W-36 com 23 semanas de idade foram distribuídas num delineamento experimental completamente randomizado com 6 tratamentos e 4 repetições de gaiolas com 4 aves cada. A dieta controle usada neste experimento foi formulada para conter 10% de farelo de trigo e 15% de farelo de arroz. Fitase (2 g kg-1; 1000 FTU kg-1) foi adicionada a cada dieta experimental. O consumo de ração, massa de ovos, razão de conversão alimentar, peso da casca, espessura da casca e unidade de Haugh não foram influenciados pelos farelos ou suplementação com fitase (p > 0,05). Mas a produção de ovos diminuiu nos tratamentos com farelo de arroz (p 0,05). No jejuno, a adição de fitase e a dieta contendo farelo de trigo aumentaram a concentração de sacarose (p 0,01). Além disso, a adição de fitase à dieta controle aumentou (p 0,001) a expressão de mRNA do SGLT-1 no duodeno. Concluiu-se que o fornecimento de dietas para poedeiras contendo 10% de farelo de trigo é viável sem comprometer o desempenho da produção, qualidade da casca do ovo e a atividade da carboidrase endógena.(AU)

Texto completo