VETINDEX

Periódicos Brasileiros em Medicina Veterinária e Zootecnia

p. 151-154

Farelo da casca de pequi na alimentação de poedeiras

Silva, Amanda LapaLage, Romênia Regina PiresFaria Filho, Daniel Emygdio deAzevedo, Izabela LorenaDias, Adélio NunesFaria, DouglasEmygdio de

Objetivou-se avaliar o efeito da inclusão do farelo da casca do pequi na ração de poedeiras sobre o desempenho e a qualidade dos ovos. Foram utilizadas 160 poedeiras comerciais da linhagem HyLine® Brown, com 55 semanas de idade e 1642±63g de peso corporal, distribuídas em delineamento inteiramente casualizado com cinco tratamentos com quatro repetições de oito aves cada. Os tratamentos consistiram na substituição isométrica do milho por farelo de casca de pequi nas doses de 0, 2,5, 5,0, 7,5 e 10%. Foram avaliados o desempenho e a qualidade interna e externa dos ovos. A produção de ovos, a massa de ovos e a conversão alimentar pioraram linearmente com substituição do milho por farelo de casca de pequi, enquanto a coloração da gema aumentou linearmente. As demais variáveis de desempenho e de qualidade interna e externa dos ovos não foram influenciadas significativamente pelos tratamentos experimentais. Conclui-se que a utilização do farelo da casca do pequi em substituição isométrica ao milho na alimentação de poedeiras não altera a qualidade interna e externa dos ovos, melhora a pigmentação da gema do ovo e prejudica o desempenho das poedeiras.(AU)

Texto completo